ONÇA NO BOSQUE: Prefeitura e Polícia Ambiental se reúnem para definir estratégias de caça e captura do animal. Avestruz foi atacada, ontem

January 27, 2019

 

O Bosque Municipal de Marília está interditado desde o final da manhã deste sábado (26). O motivo foi o ataque de uma onça a uma avestruz fêmea. A presa sofreu diversas lesões, mas não morreu e está sob cuidados veterinários, com um rompimento no esôfago e diversos machucados pelo corpo. O estado é grave.

Pegadas da onça, cuja espécie não foi identificada mas provavelmente trata-se uma onça parda, foram verificadas no local do ataque, o primeiro desse tipo contra animais do Bosque. Entre ontem e hoje nenhum ataque foi detectado. 

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou ao JP neste domingo que amanhã (segunda-feira) equipes da Zoonoses e da secretaria municipal de Limpeza Pública e do Meio Ambiente estarão reunidas para definir estratégias de busca e captura da onça no Bosque Municipal. Caso seja capturada, ela será devolvida ao habitat natural. 

Espécie de onça parda já foi vista várias vezes nas redondezas do Bosque e, segundo especialistas, elas saem das matas e fazendas existentes naquela região. A expansão de loteamentos naquela região (Zona Leste da cidade) também está "acuando" os animais. 

Este foi o primeiro ataque a animais que vivem no Bosque. para evitar eventuais ataques da onça à pessoas que frequentam o local, houve a interdição, desde ontem. 

 

 

 

 

EM JUNHO ANO PASSADO O JP MOSTROU VÍDEO DE UMA ONÇA RONDANDO O BOSQUE MUNICIPAL, DURANTE A MADRUGADA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black