Prefeito Daniel Alonso ignora isenção e cobra IPTU de famílias humildes dos Núcleos Maracá e Firenze. Bairros sofrem com falta de creches, escolas e postos de saúde

February 12, 2019

 Prefeito Daniel Alonso assola moradores de núcleos beneficiados com isenção do IPTU

e manda carnês de cobranças

 

Se a população de Marília em geral já está revoltada com o aumento de 10% no IPTU 2019, determinado pelo prefeito Daniel Alonso (PSDB), imagine que tem direito à isenção mas recebeu boletos do tributo para pagamentos.

É o caso de moradores do Residencial Firenze, na Zona Oeste e do Residencial Maracá, na Zona Norte. Nos dois núcleos há falta de escolas, vagas em creches e postos de saúde, além da buraqueira nas ruas e transporte urbano com relaxo, atrasos e ônibus lotados. 

Por Lei Municipal, os moradores desses núcleos, construídos no sistema Minha Casa, MInha Vida, estão isentos do pagamento do IPTU, em função da baixa renda já comprovada nos contratos de financiamentos pela CEF.

Mas a ganância de arrecadação e a insensibilidade da atual administração ignorou esse benefício e enviou carnês de cobranças do IPTU para moradores desses núcleos.

 

Famílias humildes do Residencial Maracá também receberam carnês de cobrança do IPTU, mesmo

sendo isentas desse imposto e sofrendo com a falta de estrutura, como escolas e posto de saúde

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black