REGIÃO: mulher leva três tiros e acidente mata um e fere sete em rodovia

                       Acidente deixou veículos destruídos  (Foto:  Luizinho Andretto/Divulgação)

 

Uma mulher de 48 anos foi baleada nas costas e internada na UTI do Hospital de Base de Bauru com um dos projéteis alojado na coluna. A vítima estava em sua cama quando foi alvejada por três disparos, em circunstâncias que ainda são investigadas pela Polícia Civil.

Nessa quarta-feira (13), um suspeito de ter cometido a tentativa de homicídio, de 42 anos, chegou a ser detido, mas acabou sendo posto em liberdade, já que o pedido de prisão temporária não foi analisado pela Justiça, segundo informações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O crime ocorreu por volta das 22h30 da última terça-feira (12), no bairro Chácara São João, em Bauru, onde a vítima, Jaeusa Cardoso de Souza Santos, vive com o marido, de 60 anos.

Ambos possuem um depósito de recicláveis que funciona na mesma propriedade. Segundo o relato do homem e de uma testemunha, o autor do crime é um ex-funcionário do local, usuário de crack e morador de rua. 

À Polícia Civil, o marido de Jaeusa relatou que havia dispensado o funcionário e que, no último sábado, ele retornou à residência do casal para exigir o pagamento de R$ 100,00, que entendia ser devido pelo trabalho que havia realizado.

"O proprietário conta que deu apenas R$ 50,00 e que o ex-funcionário o questionou, dizendo que precisava de mais para comprar drogas. A Jaeusa interveio e o homem a empurrou, quando o dono do depósito revidou, dando socos no rosto dele", detalha o titular da DIG, Cledson Nascimento, que preside o inquérito sobre o caso.

Em seguida, o ex-funcionário teria jurado de morte o ex-patrão. Na terça-feira (12) à noite, segundo uma testemunha, uma mulher que também trabalha no depósito e estaria com Jaeusa, o suspeito retornou.

Armado, ele teria invadido a área externa da propriedade, aberto a janela do quarto e atirado, atingindo a vítima pelas costas. "A testemunha conta que saiu para pegar o telefone e chamar a polícia, quando viu o ex-funcionário correndo com uma arma na mão", acrescenta o delegado. O marido de Jaeusa, neste momento, estaria na sala.

Apenas com informações sobre o apelido e características físicas do homem, a Polícia Civil conseguiu identificar um suspeito, que foi reconhecido por meio de fotografia pela testemunha e o marido de Jaeusa. Nessa quarta-feira (13), a Polícia Militar capturou o ex-funcionário na Praça Washington Luiz, no Centro da cidade.

Em depoimento, ele negou o crime e que possuía arma. Em liberdade desde outubro de 2018, após cumprir pena por roubo, o suspeito também possui antecedentes criminais por tráfico e roubo.

ACIDENTE GRAVE

Acidente aconteceu na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, na ligação com Bocaina, cidade onde morava a vítima de 46 anos. Segundo a Polícia Rodoviária, sete pessoas ficaram feridas.

Um choque frontal entre dois veículos nesta quarta-feira (13) deixou uma mulher morta e outras sete pessoas com ferimentos.

A batida aconteceu no km 141 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-255), em Jaú (SP), no trecho de ligação com Bocaina.

Segundo a Polícia Rodoviária, a mulher de 46 anos, que era moradora de Bocaina e acabou morrendo no acidente, estava sozinha em um dos carros, que ficou totalmente destruído.

Ela ficou presa às ferragens e a Polícia Técnica foi acionada para investigar as causas do acidente.

Equipes da concessionária, do Corpo de Bombeiros e do Samu atenderam a ocorrência e levaram os feridos para a Santa Casa de Jaú. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black