Campeão olímpico, mariliense Tiago Braz conquista índice para o mundial de salto com vara, este ano

February 24, 2019

 

O campeão olímpico (ouro em 2016 no Rio de Janeiro), mariliense Thiago Braz, 26 anos, salto com vara, conseguiu neste domingo (24), na França, cravar índice de classificação para o Mundial de Doha, no Catar, de 27 de setembro a 6 de outubro.

A temporada de competições na Europa chegou ao fim para ele e apesar de não ter vencido, o atleta do salto com varas considera o turnê um sucesso. Nesse domingo, Braz competiu no All Star Peche, na França, e alcançou a marca para se classificar ao Mundial de Doha, em setembro.

Thiago Braz, atual campeão olímpico da modalidade, passou por quatro competições na Alemanha, Polônia, França e Irlanda, e de volta ao território francês, conseguiu saltar a 5,80m e terminou na quinta colocação. O índice para o Mundial de Doha era 5,71m.

- Fazia tempo que ele não saltava 5,80 m. Aqui, além de um bom salto de 5,80 m - passou alto - poderia ter passado 5,93 m também. Acho que o Thiago foi a surpresa da competição, ao mostrar que está de volta - comentou o treinador Elson Miranda, que comemorou o fato de Thiago recuperar a confiança.

- Ele mostrou que é mesmo um atleta acima da média e está de volta aos bons resultados do circuito internacional.

O título do All Star Perche ficou com o americano Sam Kendricks. O polonês Piotr Lisek e o australiano Kurtis Marschall completaram o pódio.

O ano de 2019 é longo - o Mundial praticamente fecha o calendário do atletismo. E Thiago Braz (Pinheiros - SP) vai focar no campeonato Sul-Americano, em Lima (PER), de 24 a 26 de maio, nos Jogos Pan-Americanos de Lima (PER), de 26 de julho a 6 de outubro, e no Mundial.

Começou sua preparação em outubro de 2018, em dezembro fez um camping em Doha, no Catar, sede do Mundial. "Ele machucou a perna e atrasamos um pouco o início das competições", informou o treinador Elson Miranda.
Mas Thiago já competiu em Berlim, Alemanha (5,56 m), e em Lodz, na Polônia (5,50 m). Elson disse que os resultados do momento ainda não estão compatíveis com um atleta da qualidade de Thiago, mas que ele ainda está se adaptando as varas em provas indoor e vem crescendo tecnicamente. "Gostei da forma como ele saltou em Lodz", ressalta.
Thiago disputou este mês o Perche Elite Tour, em Rouen, um meeting só para o salto com vara, neste sábado (9/2), uma competição em Athlone, na Irlanda, no dia 13/2, e espera confirmação para um meeting em Clermount Ferrant (FRA). "O objetivo dessas competições não é o resultado em si, mas sim que o Thiago mantenha-se ativo e teste o período de treinamento. É claro que espero que saia um 5,70 m, um 5,71 m, índice para o Mundial, mas para um atleta como ele isso é só questão de ter tranquilidade. Tem muita qualidade e não iria ser difícil", completou o técnico.
O atleta viaja pelo Programa de Apoio de Campings de Treinamentos Nacionais e Internacionais da Caixa, a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro, e apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black