Vereador Marcos Custódio defende adicional de risco para os agentes de fiscalização do trânsito

March 13, 2019

O vereador Marcos Custódio (PSC) é autor de Requerimento aprovado pelo plenário da Câmara Municipal de Marília, onde solicita ao prefeito Daniel Alonso (PSDB), informar ao Poder Legislativo sobre a possibilidade de proceder aos estudos necessários para que os servidores municipais que desempenham a atividade de agente de fiscalização de trânsito possam receber o adicional de periculosidade.

“Conforme prevê a legislação vigente, mais especificamente a Lei Federal n.º 12.740, de 8 de dezembro de 2012, os trabalhadores que exercem profissão em condições de periculosidade estão assegurados pelo adicional de periculosidade”, contextualizou o vereador Marcos Custódio. Na prática, este adicional representaria um adicional na ordem de 30% do salário do agente de fiscalização. No caso dos agentes, a periculosidade se comprova pelo fato desta categoria de servidor trabalhar em exposição permanente.

Segundo levantamento apresentado pelo parlamentar municipal, atualmente na Emdurb trabalham 20 agentes de trânsito e todos trabalham a pé. São 17 homens e 3 mulheres. “Todas as vezes que há confusão de trânsito, quebra de semáforos, congestionamentos, estes servidores ficam em pé no meio dos veículos, sendo expostos a toda sorte de perigo e chama-nos a atenção de tais servidores não receberem o adicional de periculosidade”, salientou.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black