Servidores municipais mantém greve, em Bauru e Prefeitura oferece vale-refeição de R$ 500, mais reajuste salarial e benefícios

March 29, 2019

A Prefeitura de Bauru encaminhou, no final da tarde desta quinta-feira (28), a nova proposta de reajuste dos servidores públicos municipais.

Conforme o JC antecipou ontem, a principal mudança é no vale-compra. Agora, a proposta é de aumento de R$ 451,00 para R$ 500,00. Os demais pontos ficam praticamente iguais, com reajuste de 2% a todos os servidores, vantagem pessoal de R$ 60,00 para quem recebe até R$ 2.684,35, e manutenção do abono de R$ 70,00 concedido ano passado. Contudo, este abono seria transformado em vantagem pessoal, o que gera efeitos previdenciários, e essa mudança só deve ocorrer em outro momento, de acordo com a nova proposta.

Nesta sexta-feira (29), às 7h, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bauru e Região (Sinserm) faz assembleia para definir se aceita ou recusa a oferta. A greve da categoria começou há três dias, e nesta quinta-feira, teve adesão de 388 servidores, de acordo com a prefeitura, que divulga o balanço de adesões no começo da tarde, e 535 servidores, de acordo com o Sinserm, que divulgou os dados ao JC no final do dia.

Na Emdurb, os servidores optaram em sair da greve ontem, aceitando a proposta da empresa de abono de R$ 100,00 e vale-compra de R$ 500,00. Por outro lado, o movimento continua com adesão de servidores de pastas como Educação, Obras e Semma, e ganhou mais adesão de servidores da Saúde, especialmente da rede básica.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black