Filipe Masetti, o "Cavaleiro das Américas", falou de suas lutas, experiências e conquistas em palestra na Unimar

March 31, 2019

Felipe Masetti Leite (com chapéu), o Coordenador do Curso de Medicina Veterinária Fábio Manhoso

e acadêmicos no evento na Unimar 

 

A Universidade de Marília (Unimar) recebeu o palestrante Filipe Masetti Leite, mais conhecido como o “Cavaleiro das Américas”. Jornalista e cowboy, Masetti relatou em um livro e em série de vídeos, as duas jornadas que realizou a cavalo, a primeira do Canadá ao Brasil e a segunda até a Argentina.

Filipe começou a cultivar esta ideia ainda criança, quando se mudou com a família para o Canadá. Segundo ele, o pai era cowboy e transmitiu o amor pelas cavalgadas. Em 2002, quando a família voltou ao Brasil, decidiu que era a hora de realizar o sonho. Saiu de Calgary, no Canadá, e durante dois anos e três meses cavalgou até a cidade de Espírito Santo do Pinhal, no interior de São Paulo. A Segunda jornada foi de sua cidade natal, até a cidade de Ushuaia, na Argentina.

Antes de iniciar sua terceira jornada, que será realizada entre o Canadá e Alasca, o Cavaleiro das Américas percorre o país transmitindo suas histórias de motivação e superação dos desafios. De acordo com ele, o objetivo das palestras é compartilhar as lições de vida que aprendeu, ao percorrer dez países, as surpresas que encontrou no caminho e a força que precisou ter para não desistir no meio do trajeto.

                                        Felipe Masetti Leite, o Cavaleiro das Américas

 

“Eu passei por dez países e tive muitas surpresas no caminho. Precisei me superar e encontrar forças para não desistir dos meus sonhos. Hoje, busco inspirar as pessoas com estas histórias, mostrando que tudo na vida é possível se houve força e foco. Este é o segredo para conquistar qualquer coisa, como cavalgar por 16 mil quilômetros”, comenta Filipe.

Ainda segundo Felipe, na palestra realizada na Unimar procurou enfatizar que nada é fácil e que para conquistar um sonho é preciso muita determinação. “É preciso estar disposto a planejar, trabalhar muito e perseverar diante todas as dificuldades porque elas, na verdade, são oportunidades de aprendizado e crescimento”, explica Filipe.

Para o acadêmico do curso de Medicina Veterinária da Unimar, Marcelo Guizelini, as vivências do Filipe ajudam a enxerguem a vida com outros olhos.

“A bagagem que o Cavaleiro das Américas nos trouxe é muito enriquecedora. Conhecendo as dificuldades enfrentadas por ele, através de sua jornada, e a realidade de pessoas que moram em países vizinhos, aprendemos que devemos ter um novo olhar para as dificuldades da nossa vida”, comenta o acadêmico.

O Coordenador do curso de Medicina Veterinária da Unimar, Fábio Manhoso, viu na palestra uma feliz oportunidade em receber o Cavaleiro das Américas na Universidade e considerou sua palestra como fundamental para mostrar aos acadêmicos que tudo na vida é conquistado com muita luta.

“Transmitir aos alunos o exemplo de uma pessoa que batalhou pelos sonhos e conquistou é uma forma de auxiliar nossos alunos neste importante momento da vida, que é a graduação, a busca pela carreira e o crescimento pessoal”, ressalta Fábio.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black