Estrondosas vaias contra o prefeito Daniel Alonso viram vexame em todo o Estado. Multidão gritou "ih, fora" e fez ele sair do palco na Japan Fest

April 6, 2019

 

As vergonhosas e sonoras vaias do povo contra o prefeito Daniel Alonso (PSDB), na abertura da Japan Fest no 4 de Abril (Aniversário da Cidade) repercutiram na região e em todo o Estado, através das mídias eletrônicas da TV TEM

"Na noite desta quinta-feira (4), o prefeito Daniel Alonso (PSDB) foi vaiado quando discursava na abertura oficial da Japan Fest, em Marília (SP), e acabou desistindo por causa da reação negativa do público.

 

Ao longo do dia, o prefeito participou de diversas comemorações por conta do aniversário da cidade, comemorado neste dia 4 de abril. Ao subir ao palanque da Japan Fest, foi recebido com vaias pelo público, além de gritos de "Ih, fora!"

Irritado, o prefeito chegou a falar que aquela manifestação do público era "irracional" e feita por "meia dúzia de comprados pelo Camarinha", em referência ao deputado federal que também estava no evento. Diante das vaias incessantes, Alonso desistiu de continuar o discurso e deixou o palco". cita o texto do G1 (site da Globo). O detalhe é que Camarinha não é deputado federal (terminou seu terceiro mandato de deputado estadual no último dia 15 de março). 

 

GOVERNO REJEITADO PELO POVO

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) constatou pessoalmente a enorme rejeição do povo à sua decadente administração.

Foi na abertura do tradicional evento Japan Fest. Ao tentar discursar no palanque, Daniel Alonso recebeu uma sonora vaia de milhares de pessoas.  Desconsertado, ele insistiu na fala, elevando o o tom da voz. 

O povo fez o mesmo e além das vaias, houve o corro de "ih, fora!". Desnorteado, o prefeito se irritou e tentou atacar adversários políticos, mas com a continuação das vaias e gritos de "ih, fora!" ele encerrou a tentativa de discursar e virou as costas para o grande público que prestigiou a abertura do maior evento festivo da cidade.

Outra demonstração clara de desprezo do povo pelo atual prefeito, ocorreu na manhã de ontem, na abertura do desfile do aniversário de Marília, na Avenida Sampaio Vidal. 

Daniel Alonso saudou o público gritando "booommmm diaaaa". Poucas pessoas responderam. Ele entendeu a rejeição e discursou: "tá fraco!". Repetiu a saudação e não teve retorno. Aí, desistiu e passou a berrar criticando adversários políticos, sendo ignorado pelo público do evento. 

PREFEITO NÃO ENTREGOU NENHUMA OBRA NO ANIVERSÁRIO DA CIDADE.

SÓ CONVERSA E PROMESSAS PARA O RESTO DO MANDATO

 

Pelo terceiro ano consecutivo, no decadente governo de Daniel Alonso (PSDB), Marília passa o 4 de Abril sem a inauguração de pelo menos uma obra! Há três anos, por absoluta incompetência, ele quebra uma tradição de gestões anteriores, que inauguravam e entregavam obras pata a população durante todo o mês de aniversário da cidade.

O que o prefeito fez, maliciosamente, esta semana, foi "anunciar investimentos" de R$ 170 milhões (verbas que poderão vir dos Governos Estadual e Federal por emendas parlamentares) para serviços que ele ainda pretende executar neste resto de mandato. Só conversa!

Ou seja, em quase dois anos e meio (mais da metade do mandato) ele arrecadou cerca de R$ 2, 2 bilhões e não fez praticamente nada! Só o orçamento deste ano é de R$ 1 bilhão!!!

O retrato da cidade, sem nenhuma inauguração de obra, é de ruas esburacadas muitas intransitáveis em toda a periferia, muito mato e sujeira por todos os lados e a população revoltada.

Outro segmento que demonstra total rejeição a Daniel Alonso são os servidores públicos municipais, que garantiram a eleição dele em 2016 e no atual governo amargam desprezo e injustiças.

Os servidores estão em estado de greve, a exemplo do ano passado, quando "conseguiram" apenas 3% de reposição salarial. "Onde está a valorização dos servidores municipais? O que vemos é criação de mais cargos comissionados, com custos de milhões e promessas de campanha não cumpridas pelo prefeito", resume o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, José Paulino. 

 

GOLPE E PAULADA NOS BOLSOS DO POVO COM AUMENTO DE QUASE

R$ 1 REAL NAS TARIFAS DE ÔNIBUS

 

 

 Prefeito Daniel Alonso dá golpe no povo na calada da noite e autoriza aumento de quase 30% nas tarifas de ônibus para as relaxadas empresas Sorriso e Grande Marília

 

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) deu mais um duro golpe nos bolsos da população, especialmente os trabalhadores e estudantes e autorizou mais um aumento das tarifas de ônibus urbanos (Sorriso e Grande Marília) de R$ 3 para R$ 3,80.

A paulada de quase 30% de aumento nas tarifas foi confirmada na calada da noite. Ações na Justiça (inclusive da Promotoria Pública) exigem a anulação deste brutal aumento de tarifas. 

O acerto entre as empresas e o prefeito vinha sendo articulado há vários dias, em sigilo. O brutal aumento nas tarifas de ônibus é autorizado pelo prefeito em meio à uma avalanche de reclamações de usuários de ônibus lotados, atrasos e relaxo das duas empresas que formam um nocivo monopólio aqui na cidade. 

Além da paulada nos bolsos dos usuários, as empresas de ônibus, mancomunadas com o prefeito Daniel Alonso, mantiveram o Terminal Urbano aberto por quase dois anos, quando sumiram com as catracas e assolaram os bolsos da população cobrando o dobro de tarifas. Tarifas especiais com descontos para  alunos de cursos profissionalizantes também foram cortadas por essas empresas, com a conivência do prefeito, que aumentou também o IPTU em mais 10% este ano. Daniel Alonso também autorizou esta semana a compra de mais uma camionete de luxo, marca Nissan, 4 X 4, de R$ 160 mil, que deve servir o gabinete dele. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black