Prefeitura solicita apoio da população para otimização da coleta de lixo

April 17, 2019

 

 Orientação é para que se coloque apenas lixo doméstico nos recipientes  e que não se pendure

as sacolinhas nas grades das casas ou em árvores

 

 

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, está solicitando um apoio maior da população com relação à coleta do lixo.

Em resumo são dois pedidos que visam otimizar a coleta em toda a cidade e evitar problemas nos caminhões e nos próprios coletores: é fundamental que se coloque apenas lixo doméstico nos recipientes e que não se pendure as sacolinhas nas grades das casas ou em árvores.

O secretário municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, Vanderlei Dolce, destacou a importância da população atender a essas solicitações.

“É necessário darmos mais agilidade na coleta, mas principalmente evitarmos problemas com os caminhões e com os próprios coletores. Em muitos casos, os coletores se deparam com madeira, ferro, areia e pedra nas sacolas de lixo. Isto causa uma série de problemas nos caminhões e também nos coletores, que correm risco de sofrer algum ferimento. Por isso, a gente pede aos moradores que coloquem apenas o lixo doméstico para a coleta”, disse o secretário.

Com relação a outro tipo de material (madeira, ferro, areia e pedra), Vanderlei Dolce afirma que a população pode entrar em contato com a secretaria para tirar qualquer dúvida. “Temos o telefone 3408-6700 que pode ser utilizado pela população para esclarecimento de dúvidas com relação a outros materiais. Além disso, temos duas grandes operações anuais de limpeza, onde todos os inservíveis podem ser descartados.”

Sobre as sacolinhas amarradas nas grades ou em árvores, o secretário pede que a população evite essa prática. “A gente sempre pede para que se coloque o lixo nas lixeiras, mas os coletores ainda encontram uma grande quantidade de sacolinhas amarradas nas grades, portões e árvores. Isto também gera problemas, pois se perde muito tempo até que se consiga desamarrá-las. Além disso, sempre há risco para o coletor, pois em várias residências existem cachorros. Se evitarmos essa prática, a coleta será feita de uma forma mais eficaz e rápida”, finalizou Dolce.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black