Nem chuva impede bom público na apresentação da Esquadrilha da Fumaça e tarde e eventos em Marília

April 28, 2019

Nem a inesperada chuva torrencial impediu que milhares de pessoas acompanhassem o show da Esquadrilha da Fumaça e várias outras atrações, neste domingo (28), no Aeroporto de Marília e imediações. O evento promovido pela Prefeitura foi alusivo às comemorações do 90° aniversário de Marília.

Entre as atividades para o público houve apresentações de bandas atrações infantis, foodtrucks, exposição de artesanato do grupo Feito a Mão, Loja Oficial da FAB entre outras atrações. A Esquadrilha da Fumaça se apresentou a partir das 16h30, após cessarem as chuvas.O público pode ainda doar um livro para a Campanha #doeumlivro da  Esquadrilha da Fumaça (FAB), que coletou as doações na Tenda da FAB e no ponto de arrecadação que esteve durante o evento.

 

 

 

 

 

 

 Fotos: João Paulo Santos - Assessoria

 

ESQUADRILHA DA FUMAÇA

Com a missão de apresentar demonstrações aéreas por todo o Brasil e pelo mundo afora, a Esquadrilha da Fumaça difunde a imagem institucional da Força Aérea Brasileira (FAB). O Esquadrão de Demonstração Aérea – EDA (nome oficial) se localiza na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, no estado de São Paulo.

Desde julho de 2015, a Esquadrilha da Fumaça retomou sua agenda de demonstrações aéreas com as aeronaves A-29 Super Tucano, após dois anos de implantação operacional e logística. O Super Tucano é a quinta aeronave adotada na história da instituição.

Fabricado pela Embraer, o avião já era empregado pela Força Aérea Brasileira (FAB), cumprindo missões de defesa aérea, treinamento avançado, ataque leve, escolta, patrulha aérea de combate e formação de líderes da aviação de caça.

Ao serem adotadas pela Fumaça, as aeronaves ganharam pintura com as cores vibrantes da Bandeira do Brasil, incentivando o sentimento de patriotismo e a admiração dos espectadores pela equipe brasileira em todo o mundo.

Toda apresentação conta com sete pilotos em sete aeronaves. Cada posição de voo tem uma função específica. Um oitavo piloto fica em solo realizando a locução. Geralmente, a demonstração tem duração de 35 minutos e conta com cerca de 50 acrobacias. Dependendo do local da apresentação e da meteorologia do momento, duração e o número de acrobacias executadas podem ser diferentes.

Lancevaque e Chumboide: São acrobacias que voltaram a ser realizadas pelo EDA, sendo executadas pelo piloto da posição de número 7, o Isolado. As manobras consistem em uma combinação de comandos aplicados pelo piloto que provoca uma reação da aeronave que se assemelha a “cambalhotas no ar”.

No caso do Lancevaque, os giros são mais verticalizados. Enquanto que o Chumboide tem o perfil mais horizontal. Para o público, traz a impressão de que o avião está descontrolado, mas o piloto tem total controle sobre a aeronave, podendo retornar ao voo normal a qualquer momento.

Escrita com fumaça: O sistema de escrita com fumaça também é utilizado e foi um projeto criado por técnicos da Fumaça para ser utilizado, inicialmente, na aeronave T-27 Tucano. Com base nessa ideia, a EMBRAER produziu, em coordenação com equipe de manutenção do EDA, um novo sistema de programação de escrita com fumaça criado especialmente para a aeronave A-29 Super Tucano.

Para isso, houve a instalação de um software no sistema – programa conhecido por “PROESA”, que significa “Programador de Escrita Aérea”. A frase, inserida neste software ainda em solo, produz coordenadamente a escrita no céu – método criado e desenvolvido pela própria equipe do EDA.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black