Vice-prefeito Tato diz em nota que não houve escolta e esteve na CPJ hoje como vítima de furto em sua empresa

June 13, 2019

 

O vice-prefeito Tato Ambrósio divulgou Nota no início da tarde desta quinta-feira (13) onde afirma que "não foi escoltado à CPJ" no  período da manhã . Afirmou que foi tratar de um caso de furto na empresa dele,a Estruturas Metálicas Brasil. A informação rebatida por Tato foi divulgada pelo JP

Em entrevista á repórteres, na saída da CPJ, ele declarou em gravações que não havia acontecido nada. "Nada, eu vim conversar com o meu amigo Giroto (delegado Emir Giroto). Tem nada a ver, não! Parece que saiu num jornal duma pessoa que eu vou falar aqui, um vagabundo que fica colocando essas matérias aí...,minha vida é um livro aberto. Como não conseguem ter uma manchete que presta, então fica clocando coisas que não procedem só para ter um pouco de visibilidade. Devia ter vergonha na cara! Estou falando expressamente de um tal de Jornal do Povo, né, que parece que é do seo Luquinha, né, Alan. Eles já me conhecem!".Perguntado por um repórter sobre ter relatado no depoimento fato na empresa, disse: "Não tem nada a ver isso aí, é coisa particular". 

 

“TATO AMBRÓSIO – Esclarecimento

O empresário e vice-prefeito Antônio Augusto Ambrósio, o Tato, esclarece que compareceu à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília, na manhã desta quinta-feira (13), como vítima de furto de matéria-prima da empresa dele, a Estruturas Metálicas Brasil, fato que ele já havia comunicado à polícia.

Tato foi à CPJ espontaneamente e sem ‘escolta policial’, como chegou a ser maldosamente noticiado por site de notícias e emissora de rádio da cidade. As informações levadas ao delegado de polícia serão determinantes para a conclusão do caso, visto que o problema já foi esclarecido e equacionado internamente.

Por fim, Tato recomendou que determinados órgãos de comunicação procurem primeiro se informar corretamente dos fatos, antes de divulga-los, evitando equívocos e inverdades que possam acarretar prejuízo à imagem e idoneidade das pessoas. Sobre exageros que foram cometidos, disse que tomará as providências cabíveis”.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black