EDUCAÇÃO: Após esforços da vereadora professora Daniela, Prefeitura irá equiparar a hora/aula de professores de EMEF

July 14, 2019

      “Conseguimos alcançar uma conquista para os professores”, afirmou a vereadora Professora Daniela (Foto: Mauro Abreu)

 

Requerimentos de autoria da vereadora foram analisados por todos os setores administrativo e gestão municipal conseguiu encontrar solução

 

A vereadora Professora Daniela (PL) obteve uma importante conquista para os professores que formam a rede municipal de ensino de Marília. Após esforços e dois importantes requerimentos, que foram analisados e estudados por setores estratégicos da administração municipal, o prefeito Daniel Alonso, por intermédio das secretarias da Administração Municipal, Educação e Fazenda, anunciou a equiparação da hora/aula em reunião com a vereadora e uma comissão de professoras na última sexta-feira, 12. Até o final do mês o Município encaminhará para a Câmara Municipal de Marília projeto de Lei Complementar para alterar a Lei 11 (que aborda o funcionalismo municipal) e acabar com a distorção que ocorre desde 2016, afirmou o Secretário da Administração. 
“Devido uma incorporação ocorrida em 2017, mas estabelecida em 2016, os professores de EMEF passaram a receber um valor um pouco menor na hora/aula em comparação aos docentes de EMEI, este desalinho era pequeno, centavos mesmo, contudo, no acumulado gerava uma diferença grande e muita injustiça. Estamos trabalhando para corrigir esta situação desde o início de nosso mandato na Câmara Municipal e, após muito empenho, várias reuniões com uma comissão de professoras de EMEF e toda uma articulação para viabilizar a correção, alcançamos esta conquista”, informou a vereadora Professora Daniela, que é docente de carreira da rede municipal de ensino. De acordo com informações da administração, os requerimentos apresentados pela vereadora Daniela desde 2018, reivindicavam a equiparação e foram encaminhados ao prefeito Daniel Alonso. O chefe do Executivo, por sua vez, determinou que todos os setores envolvidos na questão: Educação, Fazenda Municipal, Administração e até mesmo o Ipremm (Instituto de Previdência do Município de Marília) analisassem tecnicamente o assunto. Após estudos, incluindo o de impacto na folha de pagamento, a solução foi encontrada. “Ficamos muito felizes com esta ótima notícia e digo mais, a partir de agora, com a equiparação, será possível iniciarmos uma nova caminhada para uma condição que estamos batalhando há anos: a unificação das carreiras do magistério municipal”, informou a parlamentar municipal.
A unificação das carreiras representará o reconhecimento como professores de Educação Básica os docentes tanto da Educação Infantil (EMEI), quanto do Ensino Fundamental (EMEF). “Esta unificação nos deixará mais fortalecidos e abrirá possibilidades maiores para todos nós”, concluiu.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black