Câmara emperra megaempréstimo de R$ 23 milhões pretendido por Daniel Alonso. Projeto não especifica destino do dinheiro

September 10, 2019

Um pedido de vistas (adiamento) feito pelo vereador Wilson Damasceno (PSDB) emperrou a pretensão do prefeito Daniel Alonso (PSDB) de fazer mais um megaempréstimo de R$ 23 milhões na Caixa Econômica Federal. São necessários nove votos para aprovação dessa ideia. 

O endividamento, pela proposta, teria como garantia recursos do FPM (Fundo de Participação do Município). O projeto já havia sido enviado à Câmara Municipal. Muito vago, teve pedido de explicações. 

Retornou sem maiores detalhes e pior: o valor inicial de R$ 16 milhões subiu para R$ 23 milhões! 

O prefeito citou no projeto que o megaempréstimo é para gastos com asfalto e reformas de praças e parques, mas não especifica quais seriam as ruas a serem asfaltadas nem as praças e parques reformadas. 

Não há previsão de impacto no orçamento do Município com mais esta possível dívida milionária. O empréstimo teria ainda carência de dois anos, ou seja, as parcelas começariam a ser pagas pelo próximo prefeito.

                                Daniel Alonso  (PSDB) com o vereador Damasceno (PSDB)

 

"EXPERIÊNCIA"

Daniel Alonso tem "experiência" em empréstimos. Como "bom gestor" (se apresentou assim na campanha eleitoral de 2016) fez um avalanche de empréstimos na Casa Sol e atualmente a empresa está afundada em dívidas, execuções judiciais de credores e leilões. Na campanha eleitoral, Daniel Alonso prometia "levar para a Prefeitura a mesma gestão que fazia na Casa Sol". 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black