Correios paralisam atividades parcialmente em Marília, segundo o Sindicato da categoria

September 11, 2019

 

 Funcionários do Correios em frente a um centro de distribuição em Marília  nesta quarta-feira

 

Os Correios estão operando parcialmente em Marília nesta quarta-feira (11). Diomédio Francisco de Souza Júnior, diretor regional do Sindicato dos Empregados da ECT (Sindcet), disse ao JP que a paralisação atinge cerca de 40% dos Correios aqui na cidade, sendo aproximadamente 60 funcionários em d dois CDD (Centro de Distribuição Doméstica) e a agência central (onde o atendimento segue normal).

"Vamos avaliar o movimento na próxima sexta-feira (13) e devemos fazer uma nova assembleia na terça-feira (17) para decidir os rumos", afirmou Diomédio. 

A greve foi iniciada na madrugada de hoje e atinge 20 estados. 

REIVINDICAÇÕES 

"A greve é resultado da intransigência da diretoria dos Correios durante a campanha salarial deste ano. As negociações não evoluíram após a direção se negar a alterar sua proposta e descartar a mediação do Tribunal Superior do Trabalho", aponta o Sintecteb. 

A entidade ainda pontua que a paralisação deste ano tem um caráter diferente dos anteriores. "Não são os sindicatos que querem esta greve. São os Correios. Eles que não quiseram negociar com a categoria. Os funcionários só não querem perder direitos, mas os Correios não aceitaram negociar", complementa o sindicato, que é vinculado à Federação Interestadual dos Empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Findect).

Em seu site oficial, o Sintecteb coloca alguns dos direitos que teriam sido retirados pela empresa na proposta final apresentada antes da deflagração da greve. Entre eles, estão: a redução dos tickets, do adicional noturno (de 60 para 20%), da gratificação das férias (de 70 para 33%) e da hora extra em dia de repouso. A categoria também repudia o reajuste nos salários e benefícios de 0,80%, "menos de um terço da inflação".

OUTRO LADO

Após saber da deflagração da greve, os Correios se posicionaram por meio de nota emitida pela assessoria de comunicação. "No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população", aponta o comunicado.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black