Unimar realiza a 10ª edição da Biofarma

October 9, 2019

A 10ª Edição da Biofarma, semana de estudos dos curso de Biomedicina e Farmácia, da Universidade de Marília (Unimar), reuniu profissionais em palestras e minicursos sobre novos medicamentos e procedimentos.

Segundo a Coordenadora dos cursos, Lara Casadei, a semana acadêmica é mais uma importante ferramenta de aprendizagem. “Trouxemos temas de destaque dentro das áreas, como a biologia molecular dentro da imunohematologia, exemplificando com o diagnóstico e tratamento da hanseníase, doença que estava quase erradicada e que volta a acometer pacientes. Outro destaque, foi a discussão sobre o canabinóides, que está sendo muito utilizado como terapêutica para doenças degenerativas”, conta.

A farmacêutica e toxicologista, Caroline Marroni Cremonez, foi a responsável por apresentar aos acadêmicos os medicamentos produzidos com o cannabis. “Mostrei aos futuros profissionais que a cannabis, diferentemente da maconha, tem baixo teor psicoativo e é utilizado para o tratamento de inúmeras doenças. O sistema endocanabinóide, que é ativado por esta moléculas presentes na cannabis medicinal, faz parte do corpo humano, regulando inflamações e processos apoptóticos, de morte celular no caso de câncer. Há extensa pesquisa sobre o tratamento para doenças psiquiátricas, esquizofrenia, surtos psicóticos, ansiedade e a epilepsia”, exemplifica.

O farmacêutico Maurício Nambu falou sobre a judicialização na parte prática profissional. “Transmiti aos acadêmicos a teoria sobre o que é judicialização da saúde e quais são as políticas farmacêuticas. Além de, ensinar o que fazer quando os profissionais recebem ações judiciais. Por mais que o direcionamento seja mais para os farmacêuticos, que a demanda é maior, todos os profissionais da saúde estão envolvidos com esta questão”, conta.

Ainda segundo a coordenadora, a realização da semana em conjunto proporciona ainda mais qualidade de ensino aos acadêmicos “Os cursos têm muitas áreas afins, onde ambos profissionais podem trabalhar. Exemplo disso a área de análises clínicas, biologia molecular, perícia criminal e área da estética. Por isso que a semana acontece junto, porque é um enriquecimento para todos”, explica Lara.

Para o acadêmico do curso de Farmácia, participar da semana e ter a opção de aprender sobre a outra área e uma oportunidade de aperfeiçoamento profissional. “Participar da Semana Acadêmica é muito bom porque aprendemos além da nossa rotina de estudos. Estas palestras, que são de temas atuais, agrega no nosso conhecimento, já que temos a interdisciplinaridade dos cursos”, ressalta.

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black