Câmara de Vera Cruz recebe pedido de Comissão Processante para cassar o mandato de vereador por ameaças e falta de decoro

November 1, 2019

A Câmara de Vera Cruz deve votar na próxima semana um pedido de abertura de Comissão Processante que pode resultar na cassação do mandato do vereador Ari Bernardo Júnior, com base em representação assinada por seis pessoas da comunidade.

Entre as justificativas para a cassação, conforme o documento, estão conduta incompatível do vereador com a dignidade da Câmara e falta de decoro em atuação pública.

No último dia 22, servidores municipais registraram um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia de Vera Cruz,por ameaça, onde relataram que o vereador Ari esteve no Departamento de Compras e Patrimônio da Prefeitura e perguntou "de maneira rude" onde estaria o secretário municipal de Planejamento e queria ter acesso a documentos. 

Servidoras que trabalham no local relataram ter se sentido ameaçadas, intimidades e constrangidas pela forma como o vereador adentrou o local, pedindo documentos, com voz alta e tom ameaçador. Uma servidora chegou a passar mal com a situação. O vereador se retirou do local, de forma contrariado, após a chegada da prefeita Renata Devito. 

CASSAÇÃO DO MANDATO

O documento protocolizado na Câmara de Vera Cruz nesta quinta-feira (31) reproduz esses relatos e cita: "esperando após o devido processo legal, seja cassado o mandato do vereador denunciado, na forma da Lei, tendo em vista a configuração reiterada e absoluta de falta grave em desrespeito ao mínimo de postura pública, purgando o abuso de prerrogativas atentatórias não apenas á saúde mental e física de vários munícipes, bem como às instituições"

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black