O TRÁFICO NÃO PARA: Polícia Rodoviária Estadual já apreendeu mais de 55 mil quilos de drogas em rodovias da região, este ano

December 17, 2019

 

                               Apreensão de drogas na Base da PRE em Marília

 

Faltando duas semanas para o fim de 2019, a apreensão de drogas na área do 2º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRv), com sede em Bauru (que comanda também a base da PRE em Marília)  já supera a dos dois anos anteriores, atingindo a marca de 55.203 quilos. Os dados levam em conta o período entre 1 de janeiro e 15 de dezembro. Duas grandes apreensões registradas neste final de semana, em Rosana e Santa Cruz do Rio Pardo, contribuíram para esta estatística positiva (leia mais abaixo).

Segundo o capitão Eurico de Oliveira Júnior, chefe da seção de operações do 2º BPRv, em 2017, foram apreendidos na área do Batalhão, que reúne cerca de 4.500 quilômetros de rodovias e 185 cidades, 43.487 quilos de droga. Em 2018, a quantidade de entorpecente retirado de circulação totalizou 47.547 quilos.

Ele ressalta que, em dois dias, foram apreendidas na região quase sete toneladas de maconha em duas ocorrências distintas. "No sábado à noite, em Santa Cruz do Rio Pardo, nós apreendemos 5.416 quilos de maconha sob uma carga de milho e, na sexta-feira, em Rosana, foram 1.340 quilos de maconha", conta.

O capitão revela que a maconha representou mais de 96% da droga apreendida neste ano nas estradas das quatro Companhias do 2º BPRv, no total de 53 toneladas. Na opinião dele, o aumento nas apreensões é reflexo da intensificação nas fiscalizações, sobretudo por equipes do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR).

"O policiamento está se aperfeiçoando com relação a isso (combate ao tráfico de drogas). Tanto é que, nessa apreensão de sábado à noite, não tinha informação privilegiada, não tinha nenhuma denúncia. Foi tirocínio puro dos policiais, que conseguiram localizar a droga embaixo da carga de milho", ressalta.

De acordo com Oliveira Júnior, a região é considerada uma rota caipira do tráfico, servindo como ligação entre o entorpecente que sai do Paraguai com destino às grandes capitais, sobretudo a capital paulista. "Principalmente pela Raposo Tavares, que serve como acesso à Castelo Branco, caminho da Capital", diz.

SANTA CRUZ

O flagrante de Santa Cruz do Rio Pardo (90 quilômetros de Bauru) ocorreu no fim da noite de sábado (14), no quilômetro 301 da rodovia João Baptista Cabral Rennó (SP-225). Uma Scania com placas de Rincão, que tracionava um semirreboque, foi parada pelos policiais rodoviários durante fiscalização. Em meio a carga de milho, a equipe encontrou mais de 200 tabletes de maconha, que totalizaram 5.416 quilos da droga, além de R$ 1.166,00, dois celulares, documentos e notas fiscais.

O motorista, de 53 anos, cruzou a rodovia correndo em meio aos veículos, se embrenhou em uma mata e não foi encontrado.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black