Homem que matou brutalmente a menina Emanuelle, em Chavantes, amanheceu morto na cadeia

Aguinaldo Assunção, de 49 anos. autor do bárbaro assassinato da menina Emanuelle amanheceu morto na cadeia de Cerqueira César, onde estava preso. As informações são que ele estava sozinho na cela e cometeu suicídio, se enforcando com lençóis. 

O assassino passou ontem pela Cadeia de São Pedro do Turvo, mas houve revolta dos presos e da população e ele seguiu para o CDP de Cerqueira César. 

Laudo do Instituto Médico Legal, realizado na manhã de terça-feira (14), constatou que a menina Emanuelle foi morta com 13 facadas (oito nas costas e cinco no peito). O assassino disse ao delegado Seccional de Ourinhos, Antônio José Fernandes Vieira, que havia desferido quatro facadas na criança. 

"O exame necroscópico revelou que foram 13 facadas: oito nas costas e cinco no peito. Destas, seis são mais relevantes, foram mais profundas”, disse o delegado. Os exames não detectaram abuso sexual. A menina foi sepultada em clima de grande comoção hoje,em Chavantes. 

O assassino já havia matado o próprio irmão, em 1988. Pegou quatro anos de cadeia, ficou oito meses e foi libertado. 

O CASO

A garota Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi assassinada por Aguinaldo Assunção, vizinho da família, Ele apontou o local onde deixou o corpo, da criança, próximo à Fazenda Santa Rosa, em uma área de difícil acesso, na cidade de Chavantes.

O crime foi praticado por  de Emanuelle, que confessou ter matado a menina com golpes de faca Ele negou ter estuprado Emanuelle, mas isso também não é descartado e será apurado pela perícia. 

Após o crime, o elemento ainda ajudou nas buscas pelo corpo da menina. A Polícia Civil informou que ele não demonstrou nenhum arrependimento durante a confissão. 

Segundo a família, a menina brincava no parquinho do bairro Cohab e, de vez em quando, a mãe ia verificar como a filha estava. Por volta das 17h, ela não foi mais vista.

A Polícia chegou em Aguinaldo, ao analisar as imagens de uma câmera de segurança, na manhã desta segunda-feira, 13. (Veja o vídeo abaixo). O homem relutou, mas acabou confessando o homicídio.

Ainda segundo informações, choveu na região em que Emanuelle foi deixada, o que dificultou ainda mais as buscas. Diversas viaturas atolaram na estrada de barro.  Aguinaldo já tem passagens pela polícia e ficará preso, aguradando julgamento.  

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black