Ex-marido mata mulher a tiros dentro de ônibus em Padre Nóbrega. Ele, que já tinha cumprido pena por homicídio, se suicidou em seguida

January 28, 2020

Elisabete Aparecida Porta Raimundo, de 36 anos, foi morta com dois tiros por volta das 6h da manhã desta terça-feira (28). Ela foi atacada pelo ex-marido, Cristiano Raimundo, de 40 anos, no interior de um ônibus da empresa Grande Marília, na Avenida Sampaio Vidal, em Padre Nóbrega.

Após o feminicídio, o homem fugiu em um veículo Gol e teria se sucididado com a mesma arma em uma rua no Distrito Industrial, em Marília.. Segundo testemunhas, o homem ficou de tocaia no local desde as 4h da madrugada. Ela já tinha registrado BOs e obtido medidas protetivas contra o ex-marido.

"No domingo a Elizabete esteve com a gente, tentamos ajudá-la, mas não deu. O ex-marido dela já tinha cometido um homicídio antes, ficou na cadeia e foi solto. A Elisabete já estava separada dele. Eles moravam na Zona Sul e ela mudou domingo para a Zona Norte para ficar longe dele. Era muito difícil a situação dela, porque não tinha proteção", disse Osvaldo Pereira, parente da vítima ao repórter Benedito Henrique, da Rádio Clube. "O Cristiano já vinha ameaçando ela com arma, proque era muito ciumento e queria ela de volta na marra", contou.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2017 por "JP. Povo