Discurso de Doria aponta para decreto de lockdown antes do final do mês

May 20, 2020

O governador do estado de São Paulo, João Doria, disse no começo da tarde desta quarta-feira (20), que se os índices de coronavírus piorarem no estado, serão tomadas medidas mais restritivas.

“Se nós não tivermos solidariedade, os índices crescerem ainda mais, e colocarmos em risco a vida das pessoas, seremos obrigados a adotar o lockdown”.

Doria não especificou quais são os índices. No protocolo estabelecido para um possível relaxamento da quarentena, são considerados três índices: mortes, casos e ocupação de UTIs.

​Nas últimas 24h, houve o registro de mais 216 mortes no estado por Covid-19, chegando à marca de 5.363 mortes pela doença no estado desde o início da pandemia.

“Vamos fazer um esforço nesses 6 dias, de hoje até a próxima segunda-feira, dia 25 de maio, na capital, região metropolitana, no litoral, e no interior de São Paulo, para evitar medidas mais duras e e mais restritivas”, disse o governador.

No entanto, Doria ressaltou que ele e os prefeitos do estado estão fazendo “todo o esforço possível” para evitar o confinamento total. “Se pudermos evitar com ações, com medidas e com a solidariedade das pessoas que estão se resguardando, se protegendo e se isolando em casa, melhor”, afirmou.

Doria disse que, antes de anunciar o lockdown, devemos ter “esperança e confiança”. “Confiança de que as pessoas saberão respeitar a orientação de não viajar, de ficar em casa, e compreenderem a importância de protegerem as suas vidas e de seus familiares. Se isso não ocorrer nós, infelizmente, teremos que avançar em novas etapas.”

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo