Piloto de Marília morreu em queda de aeronave sob investigação na Guiana

September 19, 2020

A Força Policial da Guiana (GPF) identificou como Alessandro Eduardo Petravicius, de 49 anos, residente em Marília, o corpo do homem encontrado morto em uma aeronave  na cidade de Issanno, na Região Sete, na Guiana. A queda do avião ocorreu na noite de domingo, dia 13. Junto aos destroços, foram encontrados 400 quilos de cocaína, avaliados em 8 milhões de reais. O caso segue sendo investigado pela Polícia daquele país. 

Segundo informações que chegaram à redação da FolhaBV, a polícia identificou o corpo de Petravicius na quinta-feira (17). “O chefe do setor criminal da Força Policial da Guiana [Wendell Blanhum] confirmou ainda que os investigadores estabeleceram uma ligação entre a aeronave encontrada com as drogas e o corpo de Petravicius e a outra que fez pouso forçado na pista de pouso 9 Miles em Issano na noite de domingo, antes da queda do avião”, contou uma fonte que entrou em contato coma reportagem.

“O comandante da Polícia Regional, Dion Moore, disse que também foram encontrados os documentos no avião que caiu. A aeronave pertence ao ocupante que ficou ferido que estaria a bordo do avião que fez o pouso forçado. O ferido, que quebrou o braço, foi transportado na quinta-feira para o Hospital Público de Georgetown, para tratamento e permanece sob vigilância policial”, completou.

A bordo da primeira aeronave que fez pouso forçado na mesma região, estavam dois pilotos, sendo um de 38 anos, de Boa Vista, capital de Roraima; e outro de 29 anos, de Tumeremo, na Venezuela; e um técnico em informática, de 35 anos, da cidade de Manaus, capital do Amazonas.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo