Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Prefeito Daniel Alonso pede para Polícia investigar "central de fake news e disseminação de ódio"


Nos últimos dias, vêm sendo postados em redes sociais, principalmente no Whatsapp, vídeos editados com imagens, artes e textos contendo denúncias e ataques contra o secretário municipal de Limpeza Pública e Meio Ambiente, Vanderlei Dolce e Marcelo de Macedo, ex-diretor do Daem na gestão do prefeito Daniel Alonso (PSDB). Macedo segue nomeado como Assessor de Assuntos Estratégicos na Prefeitura.

A infestação digital desses materiais começou após o vereador Júnior Féfin (PSC) apresentar o que considerou "graves denúncias" na tribuna da Câmara. Imagens mostradas por ele na tribuna do Legislativo foram verificadas posteriormente nos vídeos.

Secretário Vanderlei Dolce e o ex-diretor do Daem, Marcelo de Macedo

'CENTRAL DE FAKE NEWS"

Nesta sexta-feira (3), o prefeito encaminhou ofício ao delegado Seccional de Polícia de Marília, Wilson Carlos Frazão, solicitando "abertura de inquérito policial para apurar suposta coação no curso de processo administrativo, tráfico de influência, divulgação de informação sigilosa e extorsão, por parte do Sr. Eduardo Nascimento". Documentos foram anexados ao ofício.

Na sequência, o ofício cita que "seguem vídeos em pen drive se suposta central de fake news de disseminação de vídeos com trucagens, montagens e disseminação de ódio pelos Srs. Eduardo Duarte Nascimento e Osvaldo Féfin Vanin Júnior (que utilizam da tribuna para disseminar informações falsas em razão da suposta imunidade parlamentar) com a ajuda do Sr. Marcelo Fernandes, do Sr. Hélcio Freire do Carmo e Sr. Vicente Giroto Filho (Jovem Pan e Jornal O Dia)".

O ofício encerra mencionando que "dessa maneira solicitamos providências cabíveis acerca dos fatos narrados, mormente quanto a instauração de inquérito para apurar as supostas condutas ilícitas".


PERSONAGENS

Eduardo Nascimento (PSDB) é vereador e ex-secretário de Esportes e Lazer na gestão passada de Daniel Alonso (PSDB). Recentemente, ele apresentou na tribuna da Câmara denúncias contra o Assessor Especial de Governo, Alysson Alex de Souza e Silva.

A Sindicância contra Nascimento, instaurada no mês passado, tramita na Corregedoria-Geral do Município e apura eventuais irregularidades dele como secretário municipal de Esporte e Lazer.

Osvaldo Féfin é agente federal licenciado e vereador (PSC) e figura em denúncias de invasão e ofensas contra servidoras no Pronto Atendimento da Zona Sul durante período crítico da pandemia da Covid. O secretário municipal da Saúde, Cássio Luiz Pinto, também representou contra ele no âmbito da PF, em razão do referido episódio.

Marcelo Fernandes é professor da Unesp e ex-aliado de Daniel Alonso. Já Hélcio do Carmo é ex-secretário municipal de Obras, que pediu exoneração do cargo em setembro passado. Afirmou ao JP, na oportunidade, que "chutou o balde e saiu".

Giroto Filho é comentarista da Rádio Jovem Pan (programação local) e diretor do Jornal O Dia.



274 visualizações0 comentário