Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

FOI, VOLTOU E NÃO VAI MAIS: Rogerinho desiste de assumir o Daem. "A Constituição não permite"


Rogerinho chegou a posar para foto oficial na cadeira de presidente do Daem

Após todo o imbrógio com, nomeação oficial e anulação da mesma, o vereador Rogerinho (PP) não vai mais assumir a presidência do Departamento de Água e Esgoto de Marília (Daem), como estava previsto para acontecer no próximo dia 30.

Ele confirmou a informação ao JORNAL DO POVO na noite desta quinta-feira (23). "Mesmo mudando a Lei Orgânica do Município, não posso assumir o daem, pois a Constituição Federal não permite comando de autarquias, somente secretarias", explicou.

"Vamos continuar ajudando no projeto do esgoto e poço profundo mas se eu assumir (o Daem) dá problemas pra mim é pro prefeito", completou Rogerinho.

A Câmara de Marília já aprovou em primeira discussão artigo da Lei Orgânica do Município que permitiria a nomeação de Rogerinho no comando do Daem. O projeto deverá ser votrado em segunda discussão na sessão da próxima segunda-feira (27).

Com a permanência de Rogerinho na Câmara, o primeiro suplente de vereador pelo PP, vereador não reeleito João do Bar, guarda o terno de novo e vai assumir a cadeira na Câmara de Marília, o que aconteceria caso Rogerinho se licenciasse para assumir a presidência do Daem, como estava previsto.

A assessoria do prefeito Daniel Alonso (PSDB) não informou quem deverá assumir o cargo que era ocupado por Marcelo de Macedo, exonerado para a posse, ainda que não concretizada, de Rogerinho.




195 visualizações0 comentário